Festival do Figurado e do Brinquedo Ótico

União de Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescaínha (São Martinho e São Pedro)

Cultura e Arte urbana

 

22 VOTOS

O artesanato é um setor essencial na promoção da identidade do nosso país e da nossa região em particular. Contribui para a preservação dos saberes e da cultura uma vez que estes passam de geração em geração. Desta forma, este setor possui algumas lacunas, quer ao nível nas tecnologias de produção, quer na formação técnica dos nossos artesãos. Através da criação de um festival alusivo ao artesanato e figurado de Barcelos, cuja estrutura assenta no desenvolvimento de um exercício metodológico, prático e criativo com o objetivo de formar e preparar os artesãos Barcelenses para as necessidades atuais e futuras de mercado, nomeadamente, do marketing, do design, da gestão e das novas tecnologias de informação e comunicação. Neste sentido, o projeto visa a preparação de um conjunto de artesãos para o desenvolvimento de brinquedos óticos com toda a linguagem estética característica do artesanato e do figurado Barcelense. Num segundo momento, realizam-se workshops dizimados pelos artesãos cujo mote é a transmissão de experiências adquiridas e de criatividade (com foco de incidência em crianças, etnias minoritárias e classes mais desfavorecias), em prole da captação de jovens mais qualificados para o setor do artesanato. O festival culmina com uma exposição das obras desenvolvidas e uma cerimónia final para exibição de um vídeo documental sobre o projeto e seus processos criativos, apresentação de artesãos e obras a concurso e entrega de prémios. Os brinquedos mais votados originam um conjunto de kits para comercialização e sustentabilidade do festival em futuras edições. Este projeto é uma proposta cultural alicerçada no âmbito de Barcelos Cidade Criativa da UNESCO, numa clara fusão entre a arte popular e a arte erudita como melhor forma de estímulo da criatividade e preparação do artesanato às necessidade de mercado: o Artesanato 2.0.

Partilhar:

 

Referência do Projeto:

OPB Ref. 51/2019


Área Temática:

Cultura e Arte urbana


Custo Estimado:

41.466,99 €


Proponente:

Mário Filipe Lopes Araújo