Erradicar os Sem-Abrigo em Barcelos

Concelho de Barcelos

Solidariedade e coesão social

 

11 VOTOS

A Finlândia implementou uma estratégia ambiciosa, inspirada no projeto europeu Housing First, e conseguiu praticamente erradicar o problema da falta de habitação.

O método adotado propõe resolver o problema, em vez de o gerir, começando por atribuir às pessoas uma habitação permanente, um apartamento alugado e com contrato, em vez de um espaço num abrigo ou numa casa temporária.

Atribuição de casa a cada sem-abrigo em 1º Lugar, para não ficarem sem teto.
Essas pessoas alojadas numa casa, num prédio, na convivência com vizinhos, num bairro, num centro de saúde, como um cidadão de plenos direitos e deveres. Estando assim, o sem-abrigo que vive na rua desafiado a aceitar viver numa casa e, caso o aceite, há associações que vão acompanhar o seu caso particular e desenvolver com ele um projeto.
A partir da casa e depois da casa vem tudo o resto, e vem tudo o resto com propostas que são feitas às pessoas respeitando-as, respeitando a sua individualidade, percebendo que cada pessoa é uma pessoa e cada pessoa reage de forma diferente.

OLHEMOS O EXEMPLO DA FINLÂNDIA…

VAMOS POR BARCELOS NO “MAPA”, SENDO O PRIMEIRO CONCELHO A SE ORGULHAR DA INEXISTÊNCIA DE SEM-ABRIGOS.

QUE ESTE ORÇAMENTO PARTICIPATIVO DÊ MAIS “SER” AOS QUE TAMBÉM O QUEREM “SER”.

Partilhar:

 

Referência do Projeto:

OPB Ref. 55/2019


Área Temática:

Solidariedade e coesão social


Custo Estimado:

até 50.000 €


Proponente:

Ana da Conceição Leal Ribeiro